Página Inicial

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Atualização Financeira - 07/2020 e 08/2020 - Pelo fim da estabilidade dos servidores públicos

 

Fala Pessoal,

De novo optei pelo atraso das postagens sobre a minha atualização financeira, já disse e repito a blogosfera está na UTI, eu ainda não abandonei, mas se um dia for abandonar eu avisarei.

No últimos dias, apesar de não ter nenhuma relação direta com os meus fechamentos financeiros, tenho ouvido muito sobre a reforma administrativa, eu sempre fui contra o funcionalismo público em geral, sempre evitei dar opinião aqui pois muitos dos colegas blogueiros são funças, mas não me contenho e hoje irei falar sobre isso, se você é funcionário público e trabalha direito, minha crítica não é para você.

O funcionalismo público é formado em sua maioria por parasitas, não a toa que o índice de satisfação com os serviços públicos é baixo, muito por conta do funcionalismo público, quem nunca ouviu piadas sobre o atendimento do INSS, Reclamou da Caixa, Banco do Brasil, entre outros, antes que você funça parasita venha reclamar, sim... eu misturei autarquia (com funcionários estatutários) com funcionários públicos CLT, na verdade é tudo a mesma bosta, qualquer seja a modalidade de contratação é quase que impossível ser demitido, para ser demitido tem que fazer uma bosta muito grande.

 

 Se até a Caixa está atendendo ao público inclusive aos sabádos porque o INSS não pode?

Os funcionários públicos na maioria são formados pelos seguintes grupos étnicos por assim dizer:

- Vagabundos que foram nerds e retraídos a vida toda, tem poucas ou quase nenhuma amizade, vivem dentro de casa e por ser um peso morto na vida, nunca trabalham na vida (na iniciativa privada), acaba que a única condição é estudar 1,2,3,4,5 anos decorar conteúdos e metodologia das bancas e passar em um concurso público, ai esse cidadão passa, entra para o serviço público e presta serviço para a sociedade kkkk daí dá para ter noção o motivo do funcionalismo público ser uma merda

- Vagabundos que são filhos ou parentes de servidores públicos, assim como os nerds que nunca trabalharam, estes geralmente também nunca trabalharam, estudam até entrar no funcionalismo público (por incentivo de família) e acaba entrando e sendo o mesmo bosta como funcionário público.

- Fudido na vida, fracassado que a única coisa que restou é ser funcionário público, esse diferente dos anteriores trabalhou e comeu o pão que o diabo amassou, porém por ter se fodido, estuda e passa em concurso com intuito de se acomodar e não se matar de trabalhar, acaba virando um péssimo trabalhador.

- Professores funças, são vagabundos e maiores reclamões do funcionalismo público, por ser na maioria das vezes esquerdistas são os piores para lidar, na pandemia por exemplo não querem voltar a dar aulas presenciais, estão em casa recebendo em dia e com uma produtividade pífia, a aulas hoje em dia estão sendo online criadas pelas próprias secretarias de educação só restando para os vagabundos fazer pequenas correções de atividades, antes da pandemia reclamam de salário baixo e falta de condições, mas nas escolas só há carrões estacionados e muitos que reclamam de salário baixo é porque trabalham só 20 horas semanais, ai não tem milagre.

- Professores Universitários funças, mestres e doutores que por muitas vezes não conhecem nada da vida, estudam a vida toda, permanecem na Universidade para viver de bolsa e auxilio do governo, por fim só lhe restam prestar concursos em Universidades para dar aulas, porque a maioria desses mestres e doutores nunca atuaram no mercado de trabalho, só conhecem a teoria.

- Alto escalão dos funças, são os políticos comissionados, promotores, juízes e etc, esses dificilmente serão afetados, são os maiores lixos humanos, a maioria tem o rei na barriga, se acham demais e vivem na base da carteirada.

- Trabalhadores na área da saúde, estes na maioria das vezes trabalham por ONGs e Instituições, os que são funcionários públicos o são também para apenas ter uma vida boa e estável, geralmente trabalham corretamente, porém com desempenho e produtividade menor dos que aqueles que estão na iniciativa privada.

Eu tive meu salário reduzido, alguns salários suspensos, porque o funcionalismo não pode ao menos ter seu salário congelado?
 

Por tudo isso, você acha mesmo que é possível defender um funça? Que se fodam todos, que terceirize tudo... foda-se acabar com a estabilidade vão sofrer nas mãos dos políticos, quem sabe ao menos o atendimento ao público não melhora.

Ah Stifler, seu fdp, você fala isso porque é um burro e não tem capacidade de passar em um concurso público.

Vamos lá, não precisa ser inteligente para saber que o ingresso no funcionalismo público não significa que o cidadão que entrou é inteligente, o cara apenas se preparou especificamente para determinado concurso, depois que passou, o que estudou é esquecido em 6 meses, muitos que estão no funcionalismo público é mais burro que uma porta, o próprio governo quando a coisa aperta chama empresas ou terceiros para resolver, ou seja, está nítido que o próprio quadro do funcionalismo público é formado por incompetentes.

Para terminar, antes que me xingue, eu já tive a oportunidade de iniciar em 2 cargos públicos, um em um desses bancos públicos, quando fui chamado, trabalhava e ganhava mais do que o salario inicial, hoje poderia estar estável e quem sabe ganhando uns 4,5 mil fácil (o que não seria ruim), porém até hoje ganho muito mais e não quis me encostar tão novo.

 

Agora vamos falar sobre os meus fechamentos financeiros:

Estou pagando empréstimos que fiz com minha ex-esposa, conforme relatado no post anteior, a boa noticia é que eu participei de algumas subscrições de fundos imobiliários além dos meu FIIs e Ações terem se valorizado, isso ajudou a manter meus 2 últimos fechamentos no verde !

Olha que eu estou com 25% do meu salário reduzido, desde Abril estou recebendo menos, em compensação alguns gastos diminuíram, como combustível e alimentação fora de casa. È por isso que eu amos vocês hehehe acompanhei durante anos todos os comentários, dicas e afins, e recentemente tive a coragem de entrar em renda variável e isso está me salvando !


 Bom pessoal como puderam ver, fechei no verde, se não fosse as dividas, eu teria ultrapassado os 200 mil, mas é isso o que importa é ter consciência e poupar...


Até +


23 comentários :

  1. Stifler atingiu o pobre Gari que é funça :(. Curtições a parte, concordo com voce em quase tudo. Há muito servidores que não fazem porra nenhuma. No Estado que trabalho colocaram homeoffice para pessoas acima de 60 anos, quem tem filhos abaixo de 18 e pessoas com problemas respiratórios e o restante presencia. Ganho uns 4k e vou todo dia prestar os serviços e ultimamente aguentando assedio moral de 2 vagabundos (um com cargo de presidente e um outro cargo de Procurador). 75% nem compareceram desde março e estão recebendo todo mês.

    Agora pira: A maioria do pessoal que está em casa sem fazer porra nenhuma ganha na media 13k. Alguns ganham 3k, outros 23k e n fazem absolutamente nada. São inúteis que ficam em casa, vao para academia, caminhar, porém não podem voltar por causa do COVID.


    A partir de maio resolvi acordar para a vida e buscar e executar outro projeto em mente. 3 anos procrastinando, até que uma hora não dá aguentar fdps superiores que nao fazem nada e te persegue. Nessas horas pelo menos minha "estabilidade" de 4k vale para que não me mandem embora ja que a perseguição/assedio moral tem sido alta por aqui.

    Quem ainda pensa em concurso é bom rever suas prioridades. A regra do jogo sempre muda. Se voce está no topo ganhando seus 12k a regra vai mudar e quem se acomodar em todos os aspectos vai receber um pepino grosso e gigante naquele lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Gari ! você é diferenciado cara, direto você relata o que acontece no funcionalismo público, se todos fossem igual a você com certeza hoje não estaríamos discutindo fim de estabilidade para servidores, os poucos bons pagam pelos péssimos !

      Excluir
  2. sou servidor público federal e concordo com grande parte do que foi colocado.
    A maioria não quer realmente trabalhar. Tem uma boa parte que não quer se atualizar. Tem servidor público que não usa computador. Simplesmente não quer aprender e fica por isso mesmo.
    Ou seja, o cara literalmente não tem o que fazer mais no serviço público, já que praticamente 99% das coisas são on line hoje.

    Agora, sou contra o fim da estabilidade. Não sou contra aumento da previdência (a minha aumentou 5%), não sou contra congelamento de salário (não tenho aumento já faz dois anos. na realidade nunca tive aumento, mas apenas correção ABAIXO da inflação).
    MAS, servidor público sem estabilidade acabará com o serviço público. Ao contrário do que a maioria pensa, servidor público é sim demitido.
    Todo ano, tem uma penca demitida. É só pesquisar na internet. O BB, aliás, é o que mais demite.
    Se a estabilidade acabar, ocorrerá no serviço público federal o que ocorre nas prefeituras hoje. Sai um prefeito, todos são demitidos-dispensados, para o novo prefeito colocar seus padrinhos.
    Entre "afilhados" de políticos e um servidor medíocre, fico com o segundo. Pelo menos o segundo não tem rabo preso com o chefe.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anon, obrigado pelo comentário, dá para ver que você se incomoda com seus colegas que não fazem nada, e você falou uma verdade, agora na época de pandemia, estão botando empecilho para trabalhar em casa, dizem que não manjam de tecnologia, que não tem recursos e blá, blá, blá... eu até concordo que acabar com a estabilidade seria ruim para os bons profissionais, tomara que os que são encostados voltem a trabalhar a contento a partir de agora !

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir


  4. " Vagabundos que foram nerds e retraídos a vida toda" - me identifiquei aqui e aqui " Vagabundos que são filhos ou parentes de servidores públicos" - concurso público salvou minha vida

    "não precisa ser inteligente para saber que o ingresso no funcionalismo público não significa que o cidadão que entrou é inteligente" - verdade. só comecei a tirar boas notas na faculdade, antes era media 3,0 em exatas

    como sou "antigo" a reforma não me atingi. no dia que que uma reforma me afetar: ou estudo pra virar alto escalão (juiz, procuradores etc), tento dar aulas em faculdades ou até lá já atingi a IF e não faz mais diferença (daqui a uns 12-14 anos devo bater uma IF calma com o dinheiro economizado do meu salário de servidor) - claro que muita coisa pode acontecer comigo até lá (morte, doença, etc; mas por enquanto eu e minha categoria estamos cagando pras reformas)

    caraca stifler, quando vai rolar uma carteira de ações diversificada nesse balanço?

    faltou falar da sua saude tb. tem que malhar e fazer dieta cara.

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Scant, seguindo as suas dicas to tomando spirulina, vitamina d e Cranberry (para o trato urinário) rsrs.

      Em relação a você ser funça, até entendo o seu caso de ter ido direto para o funcionalismo, mas pelo que você sempre comenta, você trabalha ! e outra pelo que entendi você trabalha em tribunal né? até onde eu sei funcionários de tribunal tem que trabalhar rsrs claro alguns ainda tentam fazer corpo mole.

      Em relação a renda variável, calma que eu chego lá e pensar que 1 ano atrás eu quase que 100% em renda fixa !

      Excluir
    2. tem lugares nos tribunais onde há muito trabalho.
      tenho fugido desses lugares há anos com bastante sucesso
      aprendi a escolher minha lotação com cuidado pra não ter que ralar

      " spirulina, vitamina d e Cranberry (para o trato urinário) " - agora é malhar e correr

      Excluir
  5. existe uma grande vantagem em concurso público.
    O cara tem que saber ler e matemática simples.

    Experimente pedir um caixa de supermercado para fazer uma operação matemática simples com uma calculadora. Verás a decepção na sua cara.

    E não concordo com decorar para passar em concurso público.
    Cara, é MUITA informação. Não EXISTE isso. Para decorar só se o cara tiver um computador na cabeça.
    Ademais, se o cara conseguir DECORAR tudo, conseguirá acertar uns 20% da prova, já que questão decoreba praticamente inexiste em concurso hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'questão decoreba praticamente inexiste em concurso hoje.' na area jurídica tem muito ainda

      Excluir
    2. Anon e Scant, a maioria dos cargos públicos basta fazer cursinhos preparatórios, se o cara se preparar consegue entrar... lógico que concursos mais tops como tribunais por exemplo a coisa aperta um pouco, agora policia e professor por exemplo só se for muito burro para entrar, aqui na minha cidade, concurso para professor de 2015, chamou até 2020, 1200 professores e 900 adi, professor salario inicial de 2300 + refeição e convenio médico (professores de 20 e 30 horas).

      Excluir
    3. salário ruim de professor, to fora

      Excluir
    4. Sim... mas 2300 por 20 horas, muitos professores tem 2 cargos, o que já vai para 40 horas, ai soma-se pós e cursos como evolução, não é ruim... a maioria só quer ter um salário nem que seja esse valor e pronto, por isso que há os encostados.

      Excluir
    5. ruim não é
      bom tb não
      dá pra viver? sim
      fazer faculdade + pós + concurso pra isso? to fora
      mas no bostil não falta miserável então isso é o paraíso para muitos.

      Excluir
    6. Entao faz outra coisa nao?

      😅

      Excluir
  6. Olá Stifler!

    Eu vou te dizer que sou a favor de terminar com a estabilidade, concordamos nesse ponto, e acho que deveria existir meritocracia no serviço público, porque é a falta disso que estraga os profissionais.

    Eu discordo com muito do que você falou, eu não acho que 'vagabundos' escolhem ser servidor público, vagabundos nunca passariam nos concursos, vagabundos tem preguiça de ler um edital de 100 páginas, quem dirá fazer faculdade e estudar centenas de livros. Para alguns cargos como policiais, que eu conheço vários, acho que a prova não é tão difícil de passar e talvez seja o caso das pessoas que buscam a estabilidade, mas é uma profissão de risco então é complicado, temos que ter muito respeito por eles, não é qualquer um que arrisca a vida pra salvar estranhos, e o salário é baixo na maioria dos lugares.

    No meu ponto de vista o serviço público seleciona os melhores profissionais do mercado, e inclusive muitas vezes tira eles de ótimas empresas, devido a estabilidade e altos salários, e depois estraga os profissionais, porque a verdade é que não muda nada para um servidor público se ele fizer um serviço excelente ou um serviço ruim, e este é o problema, ele vai prestar um bom serviço por uns 3 anos mais ou menos, e depois disso começa a decepção e depressão. Se existisse reconhecimento pelo bom serviço, ou punição pelo mau, o serviço seria melhor. Essa é a raiz do problema, no meu ponto de vista.

    Outro grande problema são os cargos políticos, pois, como o nome diz, são indicados, e geralmente são pessoas que vivem da política ou então são amigos dos políticos no poder que não conseguem emprego e acabam ganhando "ajuda" dos amigos... e esses caras vão ser colocados como chefes dos bons profissionais, te coloque no lugar deles, vendo essa injustiça... você tem um chefe inútil ganhando mais que você na maioria das vezes, isso gera depressão no servidor público e tende a piorar o serviço prestado.

    São muitas coisas que precisam mudar, e eu acho que a reforma proposta pelo governo Bolsonaro vai ajudar a melhorar o serviço público no Brasil, tirando estabilidade dos servidores que facilita a demissão já é um começo. Apesar que na prática um servidor pode ser demitido na legislação atual, só não são porque os "chefes" políticos não querem perder o voto ou coisa do tipo... então talvez mesmo sem estabilidade nada mudará porque os chefes continuam sendo inúteis sem capacidade de gestão de pessoas.

    Até o futuro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Bilionário, o termo pejorativo usado, foi no sentido de que não gostam de trabalhar, mas muitos se preparam sim por determinado tempo para ter aprovação em concurso público, haja vista Universidades Públicas, veja a maioria que estudam lá, vai me dizer que você acha que eles são a nata da população?

      Concurso público de forma algum seleciona os melhores, a maioria dos concursos exige apenas que a pessoa se prepare especificamente para fazer aquela prova, claro que há concursos top que exigem inteligencia e algo mais dos candidatos como magistratura, PF entre outros. Veja o exemplo que dei no comentário acima, minha cidade (ABC-SP), chamou 1200 professores de 2015 até 03/2020. obviamente não é um concurso dificil.

      Enfim, os péssimos profissionais, acabam prejudicando os bons !

      Excluir
  7. O fim da estabilidade só vai aumentar servidores comissionados como os guardiões do crivella que ficam na porta de hospitais xingando globo lixo. No meu cargo de fiscal já fui assediado por políticos vereadores, "ah eu sou vereador da biboca onde o vento faz a curva", mesmo assim multei o sujeito por estar infringindo legislações que garantem saúde para a população, se eu não tivesse estabilidade, será que mesmo assim multaria o vereador ? ou medo de ser demitido falaria mais alto ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Beto, eu já vi vários relatos seus e sei que você realmente trabalha e muito... eu concordo com você que o fim da estabilidade seria ruim neste sentido, mas estava vendo hoje que funcionários de tribunais e cargos com poder de fiscalização como o seu, deveriam ficar de fora, o que acho correto, mesmo você multando politicos, não duvido que a multa seja cancelada pois o chefe (geralmente comissionado) vai lá e retira a infração. Enfim o maior problema é que infelizmente os péssimos profissionais (que são a maioria) acabam prejudicando os bons como você.

      Excluir
  8. ao invés de destilar tanto ódio assim, por que não cuida da sua vida? É sempre o mesmo mimi dessa galera q nao gosta de funça. Tipo uma inveja crônica. "uh dhu, eu pago seu salário", sim, e paga salário de um bando de bandido la na política, mesmo assim, o ódio maior é sempre direcionado aos funças;

    ResponderExcluir
  9. A solução mais simples e eficiente é privatizar todos os serviços governamentais... mataria dois coelhos com uma cajadada só, ineficiência e os parasitas.

    ResponderExcluir
  10. Fala Stifler! Funcionários publicos em sua maioria se acham Semideuses, e os do Alto Escalão se acham maiores que Deuses kkkk!

    ResponderExcluir